Casas Animadas

Maneco A`raújo surpreende ao realizar de forma magistral e por isso mesmo incomum, a fusão de três estilos numa mesma tela:

  • O estilo Clássico Erudito-seu céu e montanhas;

  • O Surrealista-as casinhas urbanizadas e em movimento;

  • O Estilo Pop com laivos de Cubismo-quase sempre colocado no primeiro plano do quadro.

O artista domina a perspectiva, os planos, o movimento, o ritmo e, acima de tudo, as cores. Bom gosto inato, e refinado domínio da fusão das cores, saltam aos olhos de quem contempla os atraentes e alegres quadros de Maneco.

Por outro lado, se as casinhas vivas não comparecem como tema, ele cria as “cidades dançantes” onde a arquitetura, respeitada na sua originalidade, perde toda rigidez.

No panorama das artes plásticas em Minas, a obra de Maneco se distingue, inovando e surpreendendo.

 

Guiomar Lobato-crítica de arte, membro da associação brasileira dos críticos de arte (ABCA- AICA) e diretora cultural do Pic.

1/5